• Ideias & Ensaios

A Paz começa em mim.

Atualizado: Fev 15

Vou começar pela última frase de um belo texto que li na página do Templo Estrela do Oriente, A PAZ COMEÇA EM MIM!

Como posso dar aquilo que desconheço ou que não tenho em mim, ou melhor, como posso cobrar do outro aquilo que não sou capaz de fazer?

É muito comum reagirmos mal para determinadas atitudes que vemos nos outros, mas que se olharmos com carinho para o nosso íntimo essa conduta vai estar lá, e quando a fazemos a conversa muda de figura com uma boa explicação para isso.

Eu preciso ter Paz para poder ofertar essa mesma Paz, eu preciso ter amor em meu coração para poder amar ao próximo e assim vai. Eu só posso dar aquilo que eu tenho. Nossa compreensão é muito equivocada pelos vícios adquiridos em outras vidas e que tentamos nos desvencilhar ao longo das contínuas encarnações pelas quais vamos passando.

Somente o processo de autoconhecimento vai proporcionar a paz interna para que fiquemos em paz conosco e compreender que cada ser vivente nessa jornada tem seu próprio tempo e suas próprias lutas. Nosso momento é somente nosso e isso não me habilita ou faculta a propriedade de que posso opinar sobre a vida de meus irmãos encarnados. A Paz que vai habitar em mim, também vai me proporcionar a condição do auto amor, pois sou resultado dos meus atos e das minhas falhas, mas isso não significa que devo viver em estado de auto comiseração porque sou falho em algumas etapas do meu viver. A Paz que busco, vai permitir que eu possa ponderar sobre meus atos e minhas falhas para encontrar o melhor caminho através do autoconhecimento, com o intuito de melhorar como ser vivente e encarnado nessa esfera e que tem como propósito maior evoluir.

Quando evoluo eu aprendo, compreendo e passo a enxergar melhor cada ser humano que se encontra na minha jornada, ligados de forma direta ou indireta. São seres que estão ali para que eu possa aprender com eles, se estou presente em suas vidas é porque há um propósito nessas ligações e não para satisfazer meu Ego. Eu aprendo em cada momento da minha vida, aprendo com meus erros, aprendo com todos que estão a minha volta. Esse aprendizado as vezes é demasiadamente dolorosa, mas faz parte do meu propósito nesse momento. Eu aprendo quando compreendo que se a falha do meu irmão me incomoda é por que algo em mim ainda não mudou e não fui capaz de compreender o momento desse irmão. Quando entendo isso é porque compreendo o tempo de cada um e mesmo que esse tempo seja “longo” ele provavelmente será o tempo necessário para aquele irmão.

Tudo que temos nessa vida é o necessário para completarmos nossa jornada, nem mais nem menos e quanto mais nos conhecemos melhor fica o caminho. Por isso que a expressão “A Paz começa em mim” seria o alicerce inicial da construção de um novo ser.




#Velho #Novo #Resoluções

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Na Fé